Codificadores rotativos incrementais com nova tecnologia BlueBeam Os LEDs emissores de luz azul garantem uma maior eficiência ao gerar sinais

2018-12-18
A nova tecnologia BlueBeam para codificadores rotativos incrementais com princípio de sensoriamento ótico aumenta a eficiência ao gerar sinais. Os LEDs emissores de luz azul especialmente desenvolvidos, combinados com chips de sensoriamento modernos e com uma estrutura mais fina, permitem que a profundidade de penetração da luz azul seja mais forte no chip. O resultado é uma maior resolução, uma melhora significativa da amplitude do sinal e uma melhora considerável da qualidade do sinal. Com os novos codificadores rotativos ENI58IL, a Pepperl+Fuchs fornece soluções padrão perfeitas até as velocidades de rotação mais elevadas, sempre que os requisitos de dinâmica estiverem aumentando, ao mesmo tempo em que também fornece recursos de desempenho que até agora só foram possíveis em soluções de alto desempenho

O novo ENI58IL com tecnologia BlueBeam

A nova tecnologia BlueBeam para codificadores rotativos incrementais com princípio de sensoriamento ótico é uma inovação espetacular. A BlueBeam apresenta LEDs de luz azul essenciais especialmente desenvolvidos que a Pepperl+Fuchs está utilizando pela primeira vez nos novos codificadores rotativos incrementais ENI58IL, oferecendo assim recursos de desempenho que até agora só foram possíveis em soluções especiais de alto desempenho. A luz azul dos novos LEDs emissores apresenta uma diminuição da difração em comparação com uma luz infravermelha com comprimento de onda mais longo da mesma largura das fendas, podendo assim reproduzir imagens mais nítidas. Combinada com chips de sensoriamento modernos que possuem estruturas mais finas e mais delgadas, a profundidade de penetração da luz azul no chip é mais curta ou mais rica em energia. Isso aumenta o fator de eficiência da fonte de luz de forma tão significativa que o chip de sensoriamento pode gerar contornos muito mais nítidos. O resultado é uma maior resolução, uma melhora significativa da amplitude do sinal e uma redução considerável do jitter de borda. Isso significa, por exemplo, que as tolerâncias das posições de fase A a B são reduzidas a um valor muito inferior a 10% que é mais do que o dobro da qualidade do sinal em comparação com valores que são comuns no mercado e que podem ser alcançados com a tecnologia de infravermelho. A taxa de escaneamento mais confiável também constitui uma resolução consideravelmente maior. Desta forma, a nova tecnologia BlueBeam nos codificadores rotativos ENI58IL garante uma precisão absoluta, mesmo nas faixas de velocidade mais elevadas de até 12 000 rpm. A frequência de saída máxima do ENI58IL atinge impressionantes 400 kHz, que representam um valor até 50% maior do que as variantes do codificador rotativo padrão. A tecnologia BlueBeam de alta precisão oferece a mais alta qualidade do sinal dos codificadores rotativos incrementais disponíveis no mercado. Nas aplicações, isso ajuda a reduzir as tolerâncias e a melhorar o fator de eficiência.